Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

Todos cometemos erros, é um facto.

O problema principal com os erros não é cometê-los, é não aprender e voltar a cometer sempre os mesmos erros. Isto é verdade tanto na pesca como em qualquer área das nossas vidas.

Já aqui tinha mencionado uma vez 2 ideias pré-concebidas que prejudicam o desempenho do pescador de achigã.

No artigo de hoje, vou falar sobre 3 erros comuns que tenho visto muitos pescadores cometerem, e que também comprometem o seu desempenho e resultados enquanto pescadores de achigã.

Escolher a amostra perfeita

Este erro é um dos mais comuns entre os iniciados. Muitas vezes pensam que o segredo para apanhar mais achigãs passa por usar uma determinada amostra ou uma determinada técnica, quando na realidade, na grande maioria das vezes é mais o facto de estar numa área onde exista achigãs do que ter uma boa amostra.
Muitos pescadores perguntam-me qual é na minha opinião a melhor amostra para achigã, e muitos acreditam que apenas apanham peixe se tiverem uma determinada amostra. Não interessa se temos uma amostra muito boa e muito bonita, se não localizarmos a área onde os achigãs se encontram, nenhuma amostra, por melhor ou mais bonita que seja, vai apanhar alguma coisa, porque o peixe simplesmente não está lá.

Tentar aprender tudo de uma vez

Mais um erro que acontece com frequência entre os pescadores que se iniciam neste desporto. Muitos tentam aprender muitas técnicas ao mesmo tempo.
Pela minha experiência de aprendizagem, o que mais aconselho é que escolham 2 a 3 amostras ou técnicas com que se sintam mais à vontade e mais confiantes, utilizem-nas até à exaustão e dominem-nas. Só depois de se sentirem confiantes nessas amotras ou técnicas devem então aprender as restantes, uma de cada vez.

empate-texas-sem-peso

O empate Texas será provavelmente um dos mais importantes que se deve dominar na pesca com amostras de vinil

Dar demasiada importância ás cores

Esta é outra área que recebe demasiada atenção por quem está a dar os primeiros passos e não só.
No entanto, e como já li uma vez numa entrevista a um profissional americado (não me ocorre agora o nome do Sr.), é preferível estar a pescar na área correcta com uma cor errada, do que estar a pescar com a cor certa na área errada.
Para começar, limite-se a fazer uma escolha simples de cores claras para águas claras e cores mais fortes ou escuras para águas escuras.

Escolher a cor da amostra poderá ser mais fácil tendo em conta as regras básicas

Escolher a cor da amostra poderá ser mais fácil tendo em conta as regras básicas

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus