Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

Hoje celebro a minha quinquagésima participação escrita neste espaço. Está a fazer um ano que o Alberto me convidou para me juntar a ele neste projecto e tem sido a forma de me manter ligado à pesca da minha eleição, mesmo que a pratique pouco por estes dias. Tem sido algo a que dedico tempo e muito carinho por entender que há aí gente a precisar desta informação para se formar como pescador de achigãs. Tem sido um prazer enorme e, apesar de muitas manifestações de apreço e de agradecimento quero dizer-vos hoje uma coisa que vos pode parecer mal… Faço-o para todos, mas acima de tudo por mim e para mim. Não apenas porque escrever me dá prazer, mas porque aprendo sempre algo com o reviver de experiências e durante o processo de as preparar para vocês. Depois, soltamos o resultado na net com a intenção de que esse prazer e essas experiências sejam repartidos da forma que tocarem a cada um dos que nos acompanham… E já são alguns… Para os ajudar a retirarem o máximo desta paixão que nos une.

Primeiro encontro com o Alberto em 2014

Primeiro encontro com o Alberto em 2014

Já abordámos imensos temas durante todo este tempo, mas nunca é demais solicitar aos nossos leitores que nos enviem notícia das suas preocupações, carências técnicas e todas as sugestões que achem importantes. Para nós serão todas muito importantes. Queremos estreitar esta ponte entre nós e abrir outras, daí que solicitemos a vossa ajuda. É nossa intenção reforçar a nossa posição de site de referência para a pesca do achigã em Portugal, em todas as suas vertentes.

Durante a minha vida já encarei a pesca de muitas formas, de resto, ainda estou em evolução como qualquer pescador interessado, mas o meu ponto de honra foi sempre estar na pesca como na vida, nunca guardar informação (excepto quando isso se impõe para a protecção das espécies) e tentar ajudar todos os que começam, os que estão a meio e os que estão no topo a evoluírem da melhor forma em todos os aspectos que a pesca proporciona, a conhecerem o que há em torno desta actividade que nos fascina. Mesmo os que acham que já sabem tudo têm muitas vezes uma palavra minha de humildade para ajudar a compreender que nunca se sabe tudo, não permito que a «pose» me influencie deixando-os de parte, porque na maior parte das vezes essa atitude esconde carências que podem passar despercebidas à maioria, mas não a um olhar atento. Enfim, tenho tentado ser um formador na pesca. Um proporcionador de experiências de aprendizagem. Tem sido esse cariz mais forte da minha intervenção. A minha tentativa mais arrojada. E sabem porquê? A explicação é muito simples. Nasci numa família em que a pesca era uma constante e notei que a minha evolução como pescador não teria sido tão fácil sem os mestres que me rodeavam. Por outro lado, nasci sem especial jeito para a pesca, mas fui ajudado a desenvolver o meu fraco potencial. Mas mais ainda. Quando percebi que estava próximo do nível dos meus mestres, tentei ir mais além e a viagem nem sempre foi fácil. Investiguei muito, como ainda investigo, não apenas ao nível do que há descrito, mas mesmo com experimentação e com a ajuda de coisas muito importantes, como o meu sentido crítico e a minha intuição que me ajudam a encontrar padrões em cada série de acontecimentos que nos surgem dispersos…

Uma boa captura durante uma sessão de filmagens

Uma boa captura durante uma sessão de filmagens

Esta viagem com o Alberto tem sido gratificante. É um grande companheiro de viagem, está sempre aberto a novos rumos e, há dias, sentámo-nos e tentámos traçar rumos novos para este nosso serviço para vocês, pescadores de achigã. Vamos desenvolver artigos sobre o que nos falta mostrar da parafernália de amostras/técnicas, mas também vamos desenvolver outras áreas que nos mostrem as experiências de outros pescadores, seja em relatos de dias de pesca, seja em entrevistas, como já fizemos em alguns casos especiais.

Além de conteúdos escritos, contamos já com algum conteúdo em vídeo no nosso canal de Facebook e Youtube

Além de conteúdos escritos, contamos já com algum conteúdo em vídeo no nosso canal de Facebook e Youtube

Tudo faremos para ajudar quem precisar e/ou quiser essa nossa mão estendida para facilitar a ultrapassagem dos obstáculos da aprendizagem. Com o nosso estilo facilitador de aprendizagens e com a certeza de que só aprendemos o que queremos e o que nos faz falta, aqui estaremos para ouvir, interpretar e responder o melhor que conseguirmos.

Vamos estar na Feira de Mora. Apareçam, digam-nos como podemos ajudá-los, digam o que acharem por bem, nem que seja apenas um simples: «Olá!»

basspt-mora-pesca-2015

Herminio Rodrigues

Hermínio Rodrigues é um pescador que se tem dedicado muito à formação de pescadores de várias formas: através dos dois livros que publicou e de muitos artigos que publicou e que publica ainda sempre que pode. Faz ainda palestras, demonstrações e ações de formação para pescadores e visita escolas que o convidam para introduzir os mais novos na pesca desportiva, especialmente de achigã.

More Posts - Facebook