Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

Terminou no passado fim de semana, 7 e 8 de Novembro, o circuito de pesca ao achigã de margem 2015 da BASS Nation de Portugal.

As duas provas realizadas tinham tinham sido inicialmente marcadas nos mês de Julho, mas por várias contingências foram nessa altura adiadas para estas datas.

Ao contrário de todos os outros fins de semana, em que tanto a prova do Sábado e do Domingo eram feitas na mesma massa de água, desta vez foram usadas massas de água diferente para cada um dos dias. No Sábado dia 7 a prova decorreu na albufeira da Aroeira e no Domingo dia 8 na barragem do Monte da Barca. Outra diferença a realçar foi para o facto de ser ter realizado pela primeira vez provas em barragens não concessionadas e que, como poderão concluir no final, não foi pior do as realizadas em barragens concessionadas.

Com os primeiros 7 atletas separados por menos de 10 pontos entre si, a classificação final estava em aberto, e muita coisa podia acontecer e alterar o quadro da classificação final.

Ao contrário do que acontece normalmente, em que as massas de água onde decorrem as provas são novidade para nós do Basspt.com, desta vez isso não se verificava. Com excepção de um ou outro atleta, já todos tínhamos pescada em cada uma das massas de água pelo menos uma vez. No entanto, e tal como é nosso apanágio, o principal objectivo é a diversão, companheirismo e convívio com todos os amantes deste desporto.

A prova de Sábado

Ao contrário do que aconteceu nas provas do Facho, fomos brindados com um tempo fantástico, um verdadeiro Verão em Novembro, com céu limpo e a temperatura máxima a rondar os 26 Cº.

Não foi preciso muito tempo para as capturas aparecerem, apenas alguns minutos diria, mas infelizmente sem chegarem aos 26cm, medida mínima para pontuar.

Foi mais uma prova bastante dura, com calor e pouco peixe com medida. Quem conseguisse uma captura acima da média ficava automaticamente com grandes hipóteses de conseguir um lugar no pódio, e foi o que aconteceu com o meu colega Nuno Duarte, que ficou em 2º apenas com um peixe com 920 gramas.

Nuno Duarte - 900g

Nuno Duarte – 900g

Melhor fez o David Amado, ao capturar um belo achigã com 1780 gramas, que acabaria por lhe dar o lugar mais alto do pódio da 5ª prova e o maior exemplar do circuito:

Dadiv Amado com o Maior exemplar da 5ª prova e maior exemplar do circuito

Dadiv Amado com o Maior exemplar da 5ª prova e maior exemplar do circuito

Eu, como muitos outros, tivemos um dia de pesca com imensas capturas, mas que não nos serviram para mais do que estarmos entretidos…

Como reparei que o fotógrafo estava atento, resolvi encenar uma grande captura...

Como reparei que o fotógrafo estava atento, resolvi encenar uma grande captura…

 Mas foi apenas mais umas das muitas capturas da 5ª prova - como este foram várias dezenas

Mas foi apenas mais uma das muitas capturas da 5ª prova – como este foram várias dezenas

Tal como aconteceu nas 2 provas anteriores, a entrega de prémios ficou marcada o dia seguinte.

A prova de Domingo

A 6ª e última prova do circuito de margem teve inicio pelas 8 horas da manhã de Domingo, e esperava-se também uma prova dura e com poucas capturas, em primeiro lugar por se tratar de uma massa de água não concessionada, depois porque era uma massa de água com uma grande dimensão e acima de tudo porque se trata de uma massa de água que, com os níveis bastante baixos como se encontrava, não possui nenhumas coberturas visíveis, e tem muito poucas estruturas.

No entanto, com menos de 30 minutos de prova já havia informação de que a primeira captura com medida tinha sido conseguida.

Poucos minutos antes da partida, o meu colega Pedro Silva dizia-me que desta vez era a sério, e que ia dar tudo para se conseguir colocar no local que julgava ser um dos melhores para obter um bom resultado. Não lhe prestei muita atenção, mas devia ter prestado, tal como ele acabou por provar com o primeiro lugar e troféu de maior exemplar da prova! Parabéns amigo!

Pedro Silva com o maior exemplar da 6ª prova

Pedro Silva com o maior exemplar da 6ª prova

Mas o melhor estava ainda para vir, e guardado bem para o final…

Entrega de prémios

Concluída a 6ª e última prova era hora da entrega de prémios da prova do dia anterior:

1º classificado da 5ª prova – David Amado

1º classificado da 5ª prova – David Amado

2º classificado da 5ª prova – Nuno Duarte

2º classificado da 5ª prova – Nuno Duarte

3º classificado da 5ª prova – Marco Diogo

3º classificado da 5ª prova – Marco Diogo

Maior exemplar da 5ª prova - David Amado

Maior exemplar da 5ª prova – David Amado

Classificação geral da 5ª prova

Classificação geral da 5ª prova

De seguida foram entregues os prémios da 6ª prova:

1º classificado da 6ª prova – Pedro Silva

1º classificado da 6ª prova – Pedro Silva

2º classificado da 6ª prova – José Teles

2º classificado da 6ª prova – José Teles

3º classificado da 6ª prova – Bruno Rolim

3º classificado da 6ª prova – Bruno Rolim

Maior exemplar da 6ª prova - Pedro Silva

Maior exemplar da 6ª prova – Pedro Silva

Classificação geral da 6ª prova

Classificação geral da 6ª prova

Balanço final do circuito

Entregues os prémios de todas as provas, estava na altura de divulgar o vencedor do circuito e proceder à entrega de prémios do circuito.

Depois de se terem procedido a algumas alterações ao regulamento do circuito do ano anterior, este ano o vencedor era obtido com base na regularidade dos pescadores, e não com base no peso total de capturas de todo o circuito o que, como se poderá ver pela tabela de classificação final do circuito é, no meu entender, muito mais justo pois, na minha opinião, o melhor pescador é aquele que apresenta bons resultados de forma consistente, e não aquele que por sorte ou por conhecer melhor uma ou outra massa de água, consegue uma grande prova mas não consegue depois mais nenhum resultado nas restantes provas.

Assim, o justo vencedor do circuito de margem de 2015 da BASS Nation de Portugal foi o Joaquim Cabo:

1º classificado do circuito - Joaquim Cabo

1º classificado do circuito – Joaquim Cabo

2º classificado do circuito - Bruno Nunes

2º classificado do circuito – Bruno Nunes

3º classificado do circuito - Pedro Silva

3º classificado do circuito – Pedro Silva

Maior exemplar do circuito - David Amado

Maior exemplar do circuito – David Amado

Pódio do circuito de margem 2015

Pódio do circuito de margem 2015

Classificação final do circuito de margem 2015

Classificação final do circuito de margem 2015

Antes de terminar, quero aqui deixar os meus parabéns ao Bruno Nunes, pelo excelente 2º lugar final. Os 3 elementos do Team BASS Mafia estrearam-se este ano na competição e o Bruno conseguiu, logo no primeiro ano ficar no pódio final.

Não posso deixar passar também o excelente 3º lugar final obtido pelo meu colega de equipa Pedro Silva. A primeira prova do Pedro foi a Pro BASS Cup. No ano seguinte, na primeira prova do circuito de margem da BASS Nation de Portugal na mesma massa de água, conseguiu estar no pódio com o maior exemplar. Este ano, e totalmente sem o esperar, conseguiu o 3º lugar final, graças ao seu empenho na 6ª prova, onde alcançou o primeiro lugar, vendo premiada a sua regularidade nas capturas ao longo das 6 provas do circuito.

Deixo ainda os parabéns a todos os restantes participantes por terem estado presentes em todas as provas, muitos deles que, tal como eu, apesar de não terem possibilidade de conquistar um lugar de destaque no circuito, fizeram questão de estar presentes!

E claro, os meus parabéns e agradecimentos a todos os que tornaram possível este circuito, desde fiscais e Direcção a todos os patrocinadores que o tornaram viável!

Para concluir, deixo-vos o vídeo de família. Importa mencionar que faltam no vídeo o Pedro Piteira e o Tiago Ramalho que não estiveram presentes na última prova:

“Foto de Grupo” – Margem 2015

Se também gostava de experimentar a competição, inscreva-se na BASS Nation de Portugal e desfrute do único circuito de margem em Portugal com um regulamento verdadeiramente adequado à pesca do achigã de margem!

A todos os participantes deste ano, até para o ano!

Equipa Basspt.com no final do circuito. Faltou o Tiago Ramalho que não pode estar presente na última prova

Equipa Basspt.com no final do circuito. Faltou o Tiago Ramalho que não pode estar presente na última prova

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus