Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

Para quem gosta de pescar com amostras de vinil, certamente que, além de uma grande colecção de sacos de vinis, deverá ter uma grande colecção de sacos de anzóis! É verdade, devo ter quase tantos anzóis como amostras de vinil… 🙂

Isto porquê? Porque existem diferentes tipos de anzóis para os diferentes tipos de apresentações e empates que se pretendam para as amostras de vinil…

Ora, enquanto navegava hoje pela web em busca de mais conhecimento sobre este tão nobre vício que é a pesca ao achigã, quando encontrei mais um tipo de anzol que desconhecia por completo, e que ainda (sim, ainda…) não fazem parte da minha colecção: anzóis que não se atam! É verdade, estes novos anzóis não precisam de se atar com nenhum nó como os convencionais!

Alguns dos vários tipos de anzóis já existentes para pescar ao achigã

Alguns dos vários tipos de anzóis já existentes para pescar ao achigã

Aqui ficam algumas imagens dos Jack hook:

Jack hook - anzol que não precisa de nó

Jack hook – anzol que não precisa de nó

 

Jack hook - anzol que não precisa de nó

Jack hook – anzol que não precisa de nó

Sim, é verdade, não precisamos de atar um nó nestes anzóis! Basta enrolar a linha algumas vezes em volta deles e já está!

Bem, é quase isto, mas é uma inovação a ter em conta, que vem reduzir bastante o tempo que demoramos a colocar um anzol na linha. Além disso, a possibilidade de retirar o anzol sem ter que cortar a linha é espectacular!

Aqui fica um vídeo que mostra como funciona:

 

Para quem estiver interessado em saber mais ou adquirir estes anzóis, poderá fazê-lo através da página onde encontrei esta informação.

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus