A BioSpawn entrou no mercado com desenhos e conceitos bastante inovadores. Já falámos do VileCraw e hoje vamos falar de uma versão deste invulgar stickbait de plástico mole.

No seguimento de testes das amostras da BioSpawn experimentei o ExoStick e gostei bastante dos resultados. Tratando-se de um stickbait de plástico mole, faz jus à fama que este tipo de iscos tem vindo a ganhar na pesca de predadores em geral e na do achigã em particular.

Achigã capturado com um ExoStick na cor Watermelon Red flakes

Achigã capturado com um ExoStick na cor Watermelon Red flakes

Se encontrarmos peixes ativos as capturas vão suceder-se incessantemente, como aconteceu neste recente teste.

Trata-se de amostras extremamente versáteis que podem ser usadas em todos os tipos de empates. No entanto, na minha opinião, dão o seu melhor em apresentações sem peso que lhes permite uma queda oblíqua, com inclinação para o lado do anzol. A forma irreverente do Exostick confere-lhe mais ação na queda que qualquer outro sitckbait, permite a sua evolução por entre coberturas, mesmo em vegetação densa, como foi o caso do teste. A orientação dos troncos de cone que compõem o seu desenho pode ser invertida, criando assim mais atrito e, portanto, mais vibração.

O teste decorreu com um nível de capturas muito bom e com a amostra a aguentar bem a pressão exercida pelos lançamentos, pela animação e pelos ataques dos achigãs. Em cerca de 90 por cento dos lançamentos houve ataques o que é uma média muito boa.  É, no entanto, necessário ter atenção à posição do isco para que evolua melhor por entre a vegetação. O isco deve permanecer direito, sem curvaturas, o que obriga a algum cuidado de o reposicionar sempre que se desencaixe do anzol. Outro conselho é que, na montagem, se trespasse totalmente o isco com a ponta do anzol que depois deve ser escondida para evitar prisões.

Aqui fica um pequeno registo de algumas das várias capturas efectuadas durante os testes:

Mesmo em empates como o wacky, em que se usa um anzol mais pequeno e se prende a amostra pelo meio, esta amostra funciona bastante bem. No caso do empate Texas com peso ou mesmo do empate Carolina, também executará na perfeição. No empate Texas fará uma apresentação mais vertical e, no Carolina, uma apresentação horizontal que é normal neste tipo de iscos.

Neste vídeo mostra-se como efectuar o empate Texas sem peso de um ExoStick:

Empate Texas sem pesoPosted by Pesca ao achigã on Domingo, 9 de Novembro de 2014

Mais uma ferramenta para a sua caixa! Não deixe de experimentar! Vai adorar!

 

Achigã capturado com um ExoStick Pro na cor Green Pumpkin

Achigã capturado com um ExoStick Pro na cor Green Pumpkin

Cores dos Exostick disponíveis em Portugal:

Cores dos Exostick XR da BioSpawn disponíveis em Porugal

Cores dos Exostick da BioSpawn disponíveis em Portugal

Estas amostras estão disponíveis em Portugal através do site www.onefishplus.com

Herminio Rodrigues

Hermínio Rodrigues é um pescador que se tem dedicado muito à formação de pescadores de várias formas: através dos dois livros que publicou e de muitos artigos que publicou e que publica ainda sempre que pode. Faz ainda palestras, demonstrações e ações de formação para pescadores e visita escolas que o convidam para introduzir os mais novos na pesca desportiva, especialmente de achigã.

More Posts - Facebook