Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

Depois de já ter passado por duas das principais questões que devem ter tidas em conta antes de começar a pescar ao achigã, vou agora tentar abordar os aspectos que me parecem mais importantes para aqueles que nunca pescaram e que pretendem iniciar-se na pesca ao achigã. No entanto, estes mesmos aspectos poderão também aplicar-se a quem estiver a recomeçar a pescar ao achigã (como foi o meu caso em 2009).

Na minha opinião, a primeira experiência de pesca ao achigã, para quem nunca pescou, deverá ocorrer entre os meses de Junho e Setembro, pois é nesta altura que existe a maior probabilidade de se efectuarem boas pescarias. Tente efectuar a sua primeira pescaria nesta altura do ano, escolhendo um dia de uma semana em que as condições climatéricas tenham estado agradáveis e estáveis.

O ideal para a primeira pescaria será a mesma ser efectuada na companhia de outro pescador mais experiente. Isto terá três vantagens:

  1. não irá necessitar de comprar equipamento para experimentar a pescar pois, regra geral, cada pescador tem mais que uma cana, que lhe poderá emprestar para a sua primeira pescaria;
  2. terá ajuda a localizar as zonas onde os achigãs se irão encontrar na massa de água em que forem pescar;
  3. poderá pescar com algumas amostras emprestadas, não tendo assim de comprar nada, e será aconselhado nas amostras que deverá experimentar e a forma como se utilizam.

Além destas vantagens, certamente existirão outras…

Ainda em relação ao conjunto de cana/carreto, como já havia referido no último artigo, o mais aconselhado será um conjunto de spinning visto que é mais fácil de manejar, atingindo-se mais facilmente resultados positivos para quem está a iniciar este hobbie.

Uma das coisas que deverá esperar é que levará algum tempo até conseguir colocar a amostra no local que realmente pretende. O lançamento é um ponto chave na pesca ao achigã, mas não é de um dia para o outro que vai ficar a conseguir colocar a amostra naquele recanto, ou encostado àquela árvore submersa… Além da paciência fundamental que a pesca requer, irá ter que ter alguma paciência consigo próprio 🙂

Outra coisa a ter em conta será as amostras a utilizar – se possível, utilize amostras que requeiram menos técnica de utilização, como cranks sem pala (lipeless cranckbaits), swimming baits ou jerkbaits. Mais á frente falarei sobre estes vários tipos de amostras.

Para finalizar, deixo-vos mais duas dicas para a primeira pescaria, e que se integram no próximo artigo sobre o material essencial para a pesca ao achigã – levem sempre um chapéu ou boné! Se vão pescar da margem, vão de calças em vez de calções – assim chegam mais facilmente a zonas menos acessíveis devido á vegetação que rodeia as margens 😉

Não se esqueçam de levar uma máquina fotográfica ou um telemóvel que tire fotos de qualidade, para que fiquem dessa forma com uma boa recordação desse dia, e se tudo correr bem, da vossa primeira captura!

O Horário na sua estreia na pesca ao achigã

O Horário na sua estreia na pesca ao achigã

Como foi a vossa primeira vez na pesca ao achigã?

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus