Num momento em que o país não sabe se vai para a direita ou para a esquerda, eu sei que vou mais para o lado da pesca…

Está a decorrer um Campeonato do Mundo de Pesca do Achigã e isso é para mim muito mais importante.

Tenho de dar os parabéns a organização pela quantidade de comunicação que consegue libertar a cada momento, quer pela página web BASS FISHING TOURNAMENT NEWS quer em vídeo pela www.periscope.tv Pela primeira vez nestes mundiais vi a pesagem em direto…

Dentro do porto as águas são serenas

Dentro do porto as águas são serenas

As provas em Itália têm sido rodeadas de polémicas e em termos disciplinares, posso afirmar com propriedade porque fui membro do júri em 2008 e em 2011, têm sido muito difíceis. Estes lagos italianos têm zonas fechadas à pesca, por serem privadas ou por serem zonas balneares, mas isso cria critérios muito difíceis de aplicar. Vimos no Lago di Garda equipas da casa pescarem em zonas proibidas sem que houvesse sanções e, em 2011, neste mesmo Lago de Bolsena, houve lugar a desclassificações, já para nem lembrar a espuma nos viveiros dos barcos atribuídos à selecção da Rússia no último dia de prova…

A nossa seleção

A nossa seleção

Tenho estado em contacto com alguns membros da nossa comitiva e percebi que os treinos foram feitos debaixo de grandes ventanias, com condições de pesca difíceis, mas que duas das nossas equipas estavam a conseguir algumas boas capturas.

Tudo isso se apaga quando a prova começa… Agora é que conta! Estamos em 6º lugar a 15 pontinhos dos segundos… Itália domina, mas tem uma equipa em 22º, África do Sul está logo de seguida, mas tem uma equipa em 15º… daí para baixo quase todas as selecções têm uma equipa nos vigésimos, excepto a Swazilândia, que tem um 19º… Parece-me que isto ainda pode dar muitas voltas.

Class Nações 1º dia

Class Nações 1º dia

Da seleção nacional quero destacar a dupla Duarte e Artur que se estrearam com um brilhante 8º lugar! É obra! Parabéns pescadores! A dupla Moio e Grosso, chegaram com um peixe a menos à pesagem… Pois… Fugiu ao Quim e era parecido com o melhor exemplar da prova que, até à data, é do João Grosso com 2,200 kg! Depois dos treinos atribulados que tiveram, é uma superação. Não posso deixar de dar uma palavra aos meus amigos Eduardo Fouto e Pedro Rodrigues… Calma! Isto não é como começa, é como acaba. Vocês fizeram bons treinos e amanhã vão mostrar como se sabem superar. Só têm de acreditar nas vossas capacidades. Afinal, para se chegar a uma selecção é preciso ser mesmo muito bom e vocês são campeões! Habituados a ganhar! Vamos a isso! Daqui para a frente é sempre a subir!

Previsão do tempo

Previsão do tempo

O vento vai continuar moderado a forte, só baixará no último dia de prova. As condições serão duras, mas são iguais para todos. Itália parece ter tudo controlado, ou quase tudo, uma vez que têm uma equipa

Uma das equipas russas foi vítima da sua vontade de «controlar tudo»

Uma das equipas russas foi vítima da sua vontade de «controlar tudo»

em grandes dificuldades. A seleção russa, que costuma jogar pelo seguro e gastar muito dinheiro na esperança de que isso se traduza em vitórias, acaba por fazer o que sempre quis – alugaram os barcos à margem da organização… Resultado: uma avaria num motor… A organização, logicamente, lava daí as mãos porque são embarcações externas… Valeu-lhes hoje um último lugar… Afinal o dinheiro não paga tudo! Bela lição, mesmo assim, está na luta, mas Portugal também está.

Aqui estarei na terça-feira para fazer um balanço. Acompanhem-nos!

Obrigado pelas fotos à BASS FISHING TOURNAMENT NEWS, na pessoa do meu amigo Giorgio

Herminio Rodrigues

Hermínio Rodrigues é um pescador que se tem dedicado muito à formação de pescadores de várias formas: através dos dois livros que publicou e de muitos artigos que publicou e que publica ainda sempre que pode. Faz ainda palestras, demonstrações e ações de formação para pescadores e visita escolas que o convidam para introduzir os mais novos na pesca desportiva, especialmente de achigã.

More Posts - Facebook