Aproveitando a época de férias, hoje proponho um olhar para a evolução do site nos últimos 6 meses.

Quero desde já pedir as minhas desculpas a todos os leitores que esperavam por mais um artigo sobre pesca ao achigã, mas este era um tema que pretendia partilhar com todos vós, e esta parece-me ser a melhor altura.

Breve história até 2014

Em 2009 criei um blog de pesca ao achigã na rede de blogs interessespessoais.com. A ideia era partilhar as aventuras e a experiência de voltar a pescar ao achigã com os meus colegas.

Poucas semanas depois começaram a aparecer os primeiros comentários de outros leitores do blog que eu desconhecia…

O regresso à pesca ao achigã, após mais de 11 anos de interregno, foi um processo aliciante, dada a evolução das técnicas e a disponibilidade de informação sobre os mais variados assuntos. Rapidamente comecei a consumir toda a informação que conseguia encontrar sobre pesca ao achigã, nomeadamente de fontes americanas.

Em 2011 tive pela primeira vez conhecimento da existência de um campeonato nacional de pesca ao achigã de margem, e sem hesitar, desafiei um colega e fomos participar no nacional de 2012. Foi sem dúvida uma experiência marcante, e que me fez querer evoluir ainda mais.

Por estas alturas o blog já era relativamente conhecido. Graças a isso, em 2013, antes do arranque de mais um campeonato nacional decidi contactar alguns fornecedores de material de pesca ao achigã, com intuito de conseguir alguns apoios para mim e para os meus colegas de equipa. Como é normal nestas coisas, a maioria nem me respondeu, alguns disseram que não estavam interessados e uma pequena loja disponibilizou-se de imediato, mesmo não nos conhecendo de lado nenhum! Essa loja foi O Capela, ao qual ainda hoje me sinto bastante grato, e com o qual temos desde então efectuado todas as nossas aquisições. Durante todo este processo, nem foram os que não me responderam que me deixaram algo triste, foram dois – uma casa de material e uma marca – que me disseram que sim, e quando chegou a hora lá inventaram as tradicionais desculpas para dizerem que não…

Bem, o nacional de 2013 teve inicio. O blog não tinha ainda uma calendarização de publicações regulares, ia falando pesca ao achigã no geral quando encontrava motivos para tal, e estava a tentar dar a maior visibilidade possível ao campeonato nacional, visto termos uma equipa com 3 elementos a participar. Queria dar o maior retorno possível ao Capela, e ao mesmo tempo dar a maior visibilidade possível a todos os restantes participantes. Falei com um colega para se juntar a nós com intuito de fazer uma cobertura fotográfica das provas. A primeira prova em Vilarelhos decorreu dentro do esperado e julgo que todos apreciaram a cobertura fotográfica que se efectuou.

Entretanto, não foi possível continuar com o entendimento em relação a essa cobertura, nomeadamente devido aos custos que ela acarretava. Este facto, aliado ao mau regulamento e fraca organização do campeonato nacional levou-nos a desistir das restantes provas, e o blog sofreu uma paragem abrupta na publicação de novos conteúdos.

Pesca ao achigã – perseguindo o sonho

Apesar de não ter feito mais nenhuma prova em 2013, a paixão da pesca ao achigã manteve-se, e julgo até que aumentou.

No final do ano, enquanto fazia o balanço dos objectivos que tinha atingido e o que queria atingir em 2014, a pesca ao achigã foi um dos temas que aparecia constantemente.

Foi então que, de forma consciente, tomei a decisão de olhar para este projecto de forma profissional, com o objectivo de tornar o site numa referência a nível nacional dentro do tema da pesca ao achigã. Para atingir esse objectivo tracei algumas medidas que achei as necessárias para o conseguir.

Assim, decidi que a partir de Janeiro de 2014 seriam publicados 2 novos artigos por semana no site. Iria ainda dar inicio ao envio semanal de um email com informação sobre as últimas actualizações do site e outras que fossem aparecendo, como datas de feiras e exposições de pesca. Iria dinamizar a comunidade do site no Facebook com conteúdos originais e ainda criar um canal de vídeo.

Na última quinta de cada mês irá sair um artigo sobre as melhores amostras para o mês seguinte. Neste artigos, além de falar nas amostras, é sempre adicionada uma foto minha com uma captura efectuada com uma dessas amostras.

Pesca ao achigã – balanço do primeiro semestre de 2014

Na primeira semana de Janeiro dei inicio ás duas publicações semanais no site. Criei a lista para a distribuição do email semanal e comecei a enviar um email por semana conforme planeado.

Em Fevereiro, depois de já ter tido algumas interacções devido ao processo da criação da BASS Nation Portugal, entrei em contacto com o Hermínio Rodrigues. Falei-lhe do projecto. Este aceitou de imediato o desafio e juntou-se a mim na criação semanal de conteúdos. O seu primeiro artigo foi publicado no dia 20 de Fevereiro de 2014. A partir desta semana, os artigos das terças são da autoria do Hermínio Rodrigues e os artigos das quintas são da minha autoria.

Até Junho de 2014, este site era o blog da pesca ao achigã dos interessespessoais.com, tendo sido convertido no basspt.com.

A partir de Junho cada email semanal contém uma dica exclusiva, que apenas está disponível para os assinantes da lista. À data desta publicação, foram enviadas 10 dicas, nos respectivos emails das últimas 10 semanas. No total, foram enviados até agora, 07-08-2014, 27 emails, correspondentes ás 27 semanas desde 1 de Janeiro.

Aqui ficam alguns números da evolução do site:

Entre 1 de Janeiro de 19 de Junho, enquanto o site ainda se encontrava na antiga morada dos interessespessoais.com foi visitado por 43537 leitores:

Nº de visitas do site na antiga morada www.interessespessoais.com/pesca-achiga

Nº de visitas do site na antiga morada www.interessespessoais.com/pesca-achiga

Entre 19 de Junho e 30 de Junho, após a alteração da morada para basspt.com, o site foi visitado por 4756 leitores:

Nº de visitas desde a alteração para a nova morada www.basspt.com

Nº de visitas desde a alteração para a nova morada www.basspt.com

Com cerca de uma nova actualização diária, a página do Facebook registou um crescimento acelerado, tendo passado de menos de 400 fãs no início de Janeiro para 2294 fãs no dia 30 de Junho.

Evolução do nº de fãs da nossa página do Facebook

Evolução do nº de fãs da nossa página do Facebook

De registar também o crescimento do nº de utilizadores registados no email semanal, que é actualmente de 393:

Nº de utilizadores registados no email semanal

Nº de utilizadores registados no email semanal

 

Junho marcou também o inicio da criação de publicação de vídeos em formato de tutorial, tendo sido publicados tanto no Facebook como no canal dedicado do Youtube.

 

Conclusão e agradecimentos

Com mais de 44000 visitas nos primeiros 6 meses de 2014, o site encontra-se em crescimento constante. Isto, aliado ao rápido crescimento e alcance que temos conseguido com a página do Facebook resultou em Maio no contacto por parte da empresa Clickbaits, com intuito de experimentarmos, analisarmos e divulgarmos os resultados da análise a esses produtos. Foi o que aconteceu com as amostras USM, estando neste momento a fazer testes com outras amostras que deverão ser publicados brevemente. Este contacto e a forma como esta empresa nos disponibilizou gratuitamente os seus produtos para testes faz-nos acreditar que estamos no bom caminho.

De futuro iremos apostar ainda mais no vídeo, criando conteúdos originais que vão de encontro aos pedidos dos leitores, mantendo a mesma periodicidade nas publicações de artigos no site.

Termino este artigo de hoje agradecendo a todos os leitores que nos têm acompanhado e que têm, através de comentários e mensagens, deixado o seu feedback, opiniões, dúvidas, questões, etc. Todos os vossos emails são bem vindos, e respondo a todos sem excepção!

Deixo ainda um agradecimento ao Hermínio Rodrigues, Nuno Duarte e Tiago Ramalho por toda a ajuda que me têm dado na minha concretização deste sonho.

E por último, um agradecimento muito especial à minha esposa, que tem suportado aquelas saídas inesperadas para a pesca ao final do dia de trabalho, na busca “daquela” foto que preciso para os novos artigos. Ela que, mesmo de férias, me atura a falar de pesca ao achigã, a aceder constantemente ao email para responder a solicitações de leitores, a escrever o próximo artigo, etc.

Muito obrigado a TODOS!

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus