Se é verdade que gosto de procurar e seguir dicas, também não deixa de ser verdade que gosto de experimentar coisas novas, mesmo que possam não ser indicadas para a pesca do achigã… e de algumas vezes tenho boas surpresas!

Shimano Catana de 1,80m

Shimano Catana de 1,80m

A última experiência que tive deste tipo foi com a aquisição de uma nova cana de spinning – a Shimano Catana (para substituir a Vega que se partiu em 2009 no Alqueva).

Fui atraído por duas coisas nesta cana – a leveza e a sua recuperação.

Apesar de estar classificada na Decathlon como:

Concebido para praticantes experientes de pesca da truta com cana de lançar ultra leve.

O preço foi também um factor importante – 35 euros. Numa altura em que cada vez mais prefiro o casting ao spinning, este pareceu-me um bom negócio, pois assim volto a ter uma cana de aparente boa qualidade para o meu carreto de spinning, mas não gasto muito dinheiro.

Como já era de esperar, não resisti e já tive que ir efectuar uns lançamentos para a testar! 🙂

O resultado foi espectacular! A cana é realmente leve e flexível, atingindo uma distância de lançamento semelhante ao que consigo com a cana de casting sem ter que me esforçar sequer!

Outro ponto que me pareceu muito bom foi a flexibilidade e ao mesmo tempo rapidez da ponteira – este aspecto permitiu-me, sem qualquer problema ou dificuldade aplicar a técnica Walk the dog com um senko com empate Texas sem peso. Foi realmente fantástico! Não cheguei a experimentar, mas deverá ser igualmente muito boa para utilizar com passeantes.

Aqui ficam as especificações da cana:

  • 1,80m de comprimento;
  • carbono XT 30 e XT 40;
  • punho em cortiça;
  • passadores de cana em cerâmica fina.

Shimano Catana

Shimano Catana

Em conclusão, uma cana supostamente para a Truta, com um desempenho mesmo muito com com amostras de superfície!

Que chegue o mês de Maio, porque o material já está a postos!! 😀

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus