Lagostins Vilecraw da Biospawn - disponíveis através da www.onefishplus.com

A hora mudou no passado fim de semana, de 30 para 31 de Outubro. Apesar do título, esta mini-sessão de pesca decorreu no passado dia 29 de Outubro, aproveitando a última oportunidade deste ano de conseguir fazer uma das minhas sessões de pesca rápidas depois do trabalho.

As condições climatéricas estão a mudar, e o comportamento dos achigãs também. Neste momento encontram-se bastante activos, a aproveitar também eles as últimas oportunidades para se alimentarem e ganharem massa corporal suficiente para aguentarem o Inverno que se aproxima. Desta forma, são relativamente fáceis de capturar, após os termos localizado, e, regra geral, conseguem capturas com uma vasta variedade de técnicas, tal como é possível ver no artigo sobre as melhores amostras para pescar ao achigã em Novembro.

Nesta mini-sessão foquei-me essencialmente na utilização de spinnerbaits, por serem boas amostras para esta altura e serem também bastante boas para bater água de forma rápida. Como vai ser possível ver, falhei alguns peixes, e deixei fugir um bom peixe. Isto deveu-se essencialmente, ao facto de não estar deliberadamente a utilizar nenhum anzol atrelado nos spinners com o objectivo de ferir o menos possível os peixes.

Como muitas vezes me perguntam, aqui fica a lista de amostras que utilizei nesta sessão de pesca ao achigã:

Aqui fica um pequeno vídeo desta que foi a última sessão de pesca durante a semana deste ano:

Alberto Nunes

Alberto Nunes é um profissional de Informática viciado em pesca ao achigã. Criou o basspt.com para partilhar as suas ideias e experiências de pesca ao achigã, e para colmatar a falta de informação em Portugal sobre esta temática.

More Posts - Website - Pinterest - Google Plus